NOTÍCIAS

Localizado na Rua do Breiner, Porto, este é de projeto de reabilitação de um edifício dos anos 80 da autoria do Arquiteto Pedro Silva, do atelier ANARCHLAB. Este edifício conta com caixilharia BOAVISTA em todos os apartamentos, tendo sido escolhida a série BWTT60 para todos os vãos.

Permitindo fazer vãos com até 1200 mm de largura e 2000mm de altura, esta série destaca-se pela sua elegância e pela sua versatilidade: ambas as folhas sobem e descem e ambas basculam para limpeza. Permite ainda a colocação de uma rede mosquiteira pelo exterior, adaptando-se mesmo às condições mais exigentes dos seus projetos. Na fotografia temos um exemplo da utilização deste sistema, num projeto executado pela Meronden Designs, em Oxfordshire, no Reino Unido.

Segundo os princípios da certificação R.U-I.S., as empresas certificadas: • Cumprem os requisitos legais para o exercício da atividade de construção • Estão organizadas de forma a prevenir riscos e a adotar medidas que promovem a segurança, a prevenção de acidentes e a saúde e formação dos seus trabalhadores • Apresentam indicadores de solidez financeira e de presença no mercado que constituem uma garantia para os seus clientes • Respeitam o ambiente e utilizam práticas ambientalmente inteligentes e sustentáveis • Acompanham as melhores práticas e a inovação, fomentando a atualização de conhecimentos e a melhoria das competências dos seus recursos humanos. Mais informações em: https://reabilitacao.aiccopn.pt/

As candidaturas estão abertas até dia 13 de Outubro 2018 e, entre outros, abrange a instalação de janelas eficientes, como as janelas BOAVISTA. Mais informações em http://www.pnaee.pt/formularios/index.php/251?lang=pt

Este programa tem como objectivo conceder empréstimo com condições favoráveis a operações que promovam a melhoria do desempenho ambiental dos edifícios de habitação particular, com especial enfoque na eficiência energética e hídrica, bem como na gestão dos resíduos urbanos. Um dos trabalhos que poderá contratar abrangido por este programa trata-se da instalação de janelas eficientes, como as janelas BOAVISTA. Saiba mais em https://casaeficiente2020.pt/ .

Siga de perto as novidades da Boavista!

  • "A Meronden Designs Ltd recomenda vivamente a Boavista Windows a todos os seus clientes e arquitetos. Nós promovemos o design sustentável e as janelas BOAVISTA são uma parte fundamental da nossa gama de produtos, tendo já instalado vários projetos por todo o Sul de Inglaterra."

    Debby Puttock

    Meronden Designs
  • "No que se refere a sustentabilidade, as caixilharias Boavista são altamente recomendáveis. Não só por serem feitas num material durável e reciclável, como sendo a fibra de vidro, são de excelente qualidade em termos térmicos e acústicos e como quase não necessitam de manutenção, tem um custo económico ao longo do seu ciclo de vida muito compensador."

    Aline Delgado

    Arquiteta - Portal da Construção Sustentável
  • "A minha experiência com as Janelas Boavista foi bastante positiva. O primeiro contacto que tive foi numa visita ao meu escritório para me dar a conhecer as caixilharias em fibra de vidro. Rapidamente surgiu a oportunidade de as aplicar como boa alternativa aos alumínios quer a nível económico, quer a nível técnico. O apoio em projecto e a sua aplicação em obra ocorreu sem problemas."

    Pedro Miranda

    Arquiteto
  • "Com mais de 20 anos de experiência no mercado da caixilharia, ficamos muito contentes por conhecer os inovadores e modernos sistemas BOAVISTA, bem como a equipa por detrás da marca. Já conhecendo a excelente capacidade técnica portuguesa há mais de 16 anos, estamos entusiasmados com a perspetiva de introduzir a BOAVISTA nos mercados Alemão, Austríaco e Suiço, apresentando os seus produtos sustentáveis a clientes públicos e privados, a arquitetos e a construtores."

    Peter Kirchhausen

    c4S

QUER TRABALHAR CONNOSCO?

Estamos sempre à procura de profissionais talentosos que querem progredir na sua carreira e fazer a diferença na nossa empresa. Contacte a BOAVISTA e veja todas as oportunidades que temos para si.

Browse…